sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Carreirinhos de Urucuia no Globo Rural de domingo

Neste domingo (29), o Globo Rural mostra a história de três meninos que encantaram o repórter Nelson Araújo durante uma viagem a Minas Gerais. São os carreirinhos de Urucuia. São três irmãos: Lucas, Tiago e Ranael. Vivem no norte de Minas, quase divisa com Bahia e Goiás. O tempo todo que podem, andam para baixo e para cima, com o que chamam de carrinho de bode. Transportam coisas para os pais, para os avós, principalmente lenha, inspirados e orientados pelo pai, que é carreiro.

Você pode estar curioso para saber como é que nós encontramos esses carreirinhos. Foi durante uma reportagem que fazemos sobre as veredas do norte de Minas, região que o escritor Guimarães Rosa imortalizou como o Grande Sertão.

Nós estávamos viajando, assim, pelo município de Urucuia, quando, de repente, cruzamos com os carreiros em miniatura, uma cena que faria qualquer um parar para tirar uma fotografia.

São bons alunos, vão bem na escola. Como toda criança, adoram brincar. Nadam na vereda, jogam futebol, fazem farra de peão, muita estripulia com cavalo, mas também ajudam em várias tarefas. Cuidam das galinhas, dão uma força na hora de arrebanhar o gado, levam milho para os porcos.

O sistema de criação da família é esse. Preencher a infância não só com brincadeiras, mas também com afazeres e obrigações. Domingo, o Globo Rural começa às 8h.


Fonte: site do Globo Rural, em 27.08.2010. Acesse http://globoruraltv.globo.com/GRural

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns ao globo rural!!! Especialmente ao repórter Nelson Araújo. Hoje moro em Brasília, Sou um executivo de vendas bem sucedido e consegui por meio deste programa, reviver minha infância que aconteceu no interior ao Sul do Mananhão. Somos 08 irmãos e vivemos exatamente as "aventuras dos carreirinhos de Urucúia".
Há 03 décadas nosso pai fazia exatamente o que o pai dos carreirinhos está fazendo agora. Esse é um exemplo de deciplina/educação/liberdade; É a fusão necessária p/ que tenhamos adultos comprometidos e realizados.
Se houver "piadistas" conforme cogitou o repórter Nelson: A esses, fica a decepção de não ter conhecimento das origens e dos valores morais que esse pai transmite aos seus filhos.
Sem nenhuma dúvida, esses meninos estarão muito mais preparados que a "geração vídeo game".
Se um dia o mundo parar p/ analisar que liberdade também significa responsabilidade, teremos cidadãos de verdade.
Falo isso com conhecimento de causa, porque de 08 irmãos que passaram a infância "brincando de trabalhar", hoje somos: ADVOGADO/ESCRITOR/ADMINISTRADOR/BAIXAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS / AGRÔNOMO/ EXECUTIVO DE VENDAS etc... e em nenhum momento nossas origens trouxeram qualquer incapacidade p/ os desafios que o mundo exige.

Mias uma vez, parabéns ao globo rural.

Iracema Teixeira Silva disse...

Nós somos 4 irmãos. Nossa infância foi como a dos Carreirinhos de Urucuia. Nossos pais nos ensinaram a trabalhar, enfrentar desafios, assumir responsabilidades, plantar, cuidar, colher... desde a nossa infância. Hoje, eu sou advogada com meu próprio escritório, meus irmãos consultor de negócios, funcionário da Vale e do Grupo Fiat. Temos 'fibra', espirito empreendedor, coragem, que muitos criados na cidade grande não têm. Sou grata a meus pais.

Állef Kennedy disse...

Em nome dos CARREIRINHOS DE URUCUIA agradeço a vocês pelos comentarios construtivos.
Sou primo dos meninos “Carreirinhos de Urucuia”
Falando por eles, deixo meu
e-mail para alguém que queira mandar recados pra eles.
Obrigado.
Email: allefdesign2011@gmail.com

Urucuia, 06 Fev 2013